Sexta-feira, 24 de Setembro de 2004
ROMANTISMO
uhlp.jpg



.



Seremos ainda românticos


- e entraremos na densa mata,


em busca de flores de prata,


de aéreos, invisíveis cânticos.


.


Nas pedras, à sombra, sentados,


respiraremos a frescura


dos verdes reinos encantados


das lianas e da fonte pura.


.


E tão românticos seremos


de tão magoado romantismo,


que as folhas dos galhos supremos


que se desprenderem no abismo


.


pousarão na nossa memória


- secas borboletas caídas -


e choraremos sua história,


- resumo de todas as vidas.



.



(Cecília Meireles)

(in Mar Absoluto)




publicado por Lumife às 16:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds