Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2005
Se minhas mãos pudessem desfolhar
luar.jpg



.


Eu pronuncio teu nome



nas noites escuras,



quando vêm os astros



beber na lua



e dormem nas ramagens



das frondes ocultas.



E eu me sinto oco



de paixão e de música.



Louco relógio que canta



mortas horas antigas.



.



Eu pronuncio teu nome,



nesta noite escura,



e teu nome me soa



mais distante que nunca.



Mais distante que todas as estrelas



e mais dolente que a mansa chuva.



.



Amar-te-ei como então



alguma vez? Que culpa



tem meu coração?



Se a névoa se esfuma,



que outra paixão me espera?



Será tranqüila e pura?



Se meus dedos pudessem



desfolhar a lua!!




.


(Frederico Garcia Lorca)



publicado por Lumife às 19:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds