Sábado, 15 de Abril de 2006
...

фото | Роман098 (Sergey Ryzhkov) | На красном....

Foto de Sergey Ryzhkov

 

Saberás que não te amo e que te amo
porquanto de dois modos é a vida,
a palavra é uma asa do silêncio,
o fogo tem sua metade fria.

Eu te amo para começar a te amar,
para recomeçar o infinito
e para não deixar de te amar nunca:
por isso mesmo é que ainda não te amo.

Te amo e não te amo como se tivesse
em minhas mãos a chave da ventura
e um incerto destino desditado.

Meu amor tem duas vidas para amar-te.
Por isto te amo quando não te amo
e por isto te amo quando te amo.

 

 

Pablo Neruda

Do livro "Cem Sonetos de Amor" 

 

 



publicado por Lumife às 17:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds