Domingo, 19 de Junho de 2005
Enamorados
0034delirio.jpg





Parou o meu ser

na divisão do espaço

que aberto e sem limite

nos abraça e consome

nos mata e nos toma

nos dói e sorri.



Olha a madrugada

e abraça-a...

Sorri-lhe e acorda...

Toma seu corpo.



De mansinho

Beija-lhe a fronte,

e não tenhas medo

de a perderes.

Mata a tua sede

no cio que t'abrasa

com seus beijos.



Move teus lábios

que tão bem pronunciam

sons imortais.



Rola de suave a seus pés.



Por montes e vendavais,

abrasa-te d'ansiedade

e desamor...



Por ti e p'ra ti,

Ama até perderes teu gesto.



Teu cabelo revolto,

será a manhã.



Eu... sou a madrugada!...


*




(ALUENA)



publicado por Lumife às 16:17
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos