Quinta-feira, 9 de Junho de 2005
Naturalidade
luar.jpg





Sei lá porquê! O amor não tem porquê!


Um sorriso, um olhar alvoroçado


e o coração em festa e deslumbrado


por um lampejo que ninguém mais vê!





Alma que se reparte e espera e crê


e mais quer dar depois de tudo dado.


E porque a vida é beijo conquistado,


bendito seja o amor pela mercê!





Compreender a voz fria do luar


e ao longe ouvir as ondas e entendê-las


e a própria neve transformar em lume...





Sem porquê! Sem razão e sem pensar:


como no Céu se acendem as Estrelas


e na terra as violetas dão perfume.





(Maria Helena)


publicado por Lumife às 22:36
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De Anónimo a 10 de Junho de 2005 às 22:32
Ola Amiguinho ... Venho desejar-te um bom fim de semana e dizer-te que a Docura da Poesia ja nao existe ... Quando regressar de ferias vou dedicar-me totalmente ao blog que tenho com o Meu Amor que ja deves conhecer que e: http://nossodoceamor.blogs.sapo.pt (http://nossodoceamor.blogs.sapo.pt) ... Eu e o Antonio esperamos que nos honres com a tua visita, sempre que te for possivel ... O teu blog esta a ficar lindo ... beijinhosdoceli
(http://nossodoceamor.blogs.sapo.pt)
(mailto:doceli@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Junho de 2005 às 23:22
Muito lindo. Bom fim de semana prolongadoBlueyes41
(http://silvarosamaria.blogs.sapo.pt)
(mailto:rosasilva@vodafone.pt)


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos