Terça-feira, 31 de Maio de 2005
Ainda restará uma Esperança
inocencia38.jpg




*


Nem que tudo pareça perdido

nem que o mundo se acabe

nem que as flores não brotem

nem que o sol deixe de brilhar

ainda restará uma esperança.


*


Mesmo que não mais me queira

mesmo que a saudade não bata

mesmo que não mais me olhe

mesmo que tenha me esquecido

ainda restará uma esperança.


*


Ainda que eu me envelheça

ainda que os anos me abatam

ainda que meus cabelos se

embranqueçam

ainda que eu não possa te querer

ainda restará uma esperança.


*


Mesmo que o corpo se canse

mesmo que o cérebro não comande

mesmo que a alma chore

mesmo que o coração não bata

ainda restará uma esperança.


*


Quando eu deixar de viver

quando eu já tiver partido

quando a terra me cobrir

quando as flores do meu túmulo

murcharem

quando houver uma lembrança

quando eu deixar uma saudade

ainda assim restará uma esperança...





publicado por Lumife às 23:05
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De Anónimo a 4 de Junho de 2005 às 18:31
A esperança é sempre a úlima a abandonar-nos. mil beijinhos!!sussurros da lua
(http://blogfullmoon.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sdrcarvalho@hotmail.com)


De Anónimo a 1 de Junho de 2005 às 23:11
Sem palavras ... Mt lindo ... beijinhos docesdoceli
(http://adocuradapoesia.blogs.sapo.pt)
(mailto:doceli@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Junho de 2005 às 23:05
lindissimo..afinal a esperança é a ultima a morrer verdade?
assim cá te espero encontrar de vez em quando.
bjuxana
(http://www.versusediversus.sapo.pt)
(mailto:one_anne@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos