Quarta-feira, 27 de Outubro de 2004
Silêncio
95491.jpg



*



Há tanta coisa que gostaria de te dizer


E não digo.


Perdi-me na imensidão dos sentimentos


Nos desejos silenciados


Por tanto clamarem,


Minhas mãos deslizando em subtis carinhos


Sobre as tuas mãos


Em carícias trémulas


Que duvidavam da sobriedade


Do meu inebriante sentimento.


Tua presença se refez em minha vida


Para me recobrar da existência


E do que é belo e verdadeiro,


Para lançar-me ao algo mais


Ao que transcende o quotidiano


O finito, o instante.


Anseio da vida


Apenas recordar de ti


E acompanhar-te


Nutrindo-me da tua luz,


Da tua voz,


Do teu aroma.


Ter-te minha


É um sonho que não ouso ter.



*


(Viela das Sensações)



publicado por Lumife às 20:50
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos