Segunda-feira, 11 de Outubro de 2004
Descalça vai pera a fonte
25.jpg



.



Descalça vai pera a fonte


Lianor pela verdura;


Vai fermosa, e não segura.


.


Leva na cabeça o pote,


O testo nas mãos de prata,


Cinta de fina escarlata,


Sainho de camalote;


Traz a vasquinha de cote,


Mais branca que a neve pura.


Vai fermosa, e não segura.


.


Descobre a touca a garganta,


Cabelos de ouro entraçado,


Fita de cor encarnado,


Tão linda que o mundo espanta.


Chove nela graça tanta,


Que dá graça à fermosura.


Vai fermosa, e não segura.




.


Luís de Camões



publicado por Lumife às 20:07
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De ola a 17 de Fevereiro de 2008 às 17:09
bem giro este poema


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos