Quarta-feira, 8 de Setembro de 2004
MAR
azul.jpg



.


Na melancolia de teus olhos


Eu sinto a noite se inclinar


E ouço as cantigas antigas


Do mar.


.


Nos frios espaços de teus braços


Eu me perco em carícias de água


E durmo escutando em vão


O silêncio.


.


E anseio em teu misterioso seio


Na atonia das ondas redondas


Náufrago entregue ao fluxo forte


Da morte.



.


(Vinicius de Moraes)


(Foto de Roberto Bandeira)




publicado por Lumife às 00:28
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De Anónimo a 15 de Setembro de 2004 às 11:30
Lindo...grande Vinnicius.inconfidente
(http://inconfidencias.blogs.sapo.pt)
(mailto:inconfidencias@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Setembro de 2004 às 07:56
Vinicius de Moraes ...
Gosto bastante. Por acaso este Poema nao conhecia. Se n te importas vou copia-lo e
guardá-lo :o)
A imagem linda e mais uma vez enquadra perfeitamene!!
Obrigada por teres ido visitar a minha nova casa.
bom resto de semana e um beijo enorme*meialua
(http://fragmentosdalua.blogdrive.com)
(mailto:luamagica@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos