Terça-feira, 27 de Julho de 2004
SONETO DA FIDELIDADE
702.jpg



.



De tudo, ao meu amor serei atento



Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto



Que mesmo em face do maior encanto



Dele se encante mais meu pensamento.



Que vivê-lo em cada vão momento



E em seu louvor hei de espalhar meu canto



E rir meu riso e derramar meu pranto



Ao seu pesar ou seu contentamento.



E assim, quando mais tarde me procure



Quem sabe a morte, angústia de quem vive



Quem sabe a solidão, fim de quem ama



Eu possa me dizer do amor (que tive):



Que não seja imortal, posto que é chama



Mas que seja infinito enquanto dure.



.


(Vinícius de Moraes)





publicado por Lumife às 03:17
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 27 de Julho de 2004 às 13:54
Bom dia amor...tb lhe desejo um maravilhoso dia com muito encantamento, realmente amor..."mas que seja infinito enqto dure"..., beijo no teu lindo coração e lindo dia para ti amor...
O Tempo não pode apagar a Poesia do Amor...


Não quero perder a poesia,
justificado pelo tempo...
Ela pode mudar rimas e versos...
Mas tem o seu lugar...
A poesia do tanto querer,
do gostar...
De apenas se confirmar um amor...
Ele fica mais maduro com o tempo...
Nasce pleno a cada manhã...
Com reflexos dourados de carinho...
Porque esse tempo permite que se conheça melhor o outro...
Aprimora os sentimentos...
Aguça os toques...
Conhece a geografia do corpo...
Percorre estradas, montes...
Mas, se enfeita sempre de maneira diferente...
Olhos sorrindo...
Não quero deixar de falar baixinho...
Palavras entendidas...
Incompreensíveis...
Sentidas...
Expressões de amor...
De gritar o prazer...
De assim ser: sua!
Uma linha pode ser poética,
porque se teve a intenção ...
Ela advém do sentimento...
Do momento...
Do coração...
Não se pode perder a poesia do amor...
Porque o próprio amor é um lindo poema...
Versos da aceitação...
Versos dos toques,
Versos ilimitados do tempo...
De duas vidas se faz uma única...
Vida plena...
Vida de lutas,
Na poesia do tempo...
Num bailar do poema escrito pelo coração:

O AMOR!

(Jane Lagares)
Lisa
(http://cantinhoazulceleste1.weblogger.terra.com.br)
(mailto:)


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos